O centro de São Paulo proporciona um belo passeio pela história da maior cidade da América Latina.

O centro de São Paulo proporciona um belo passeio pela história da maior cidade da América Latina. É possível não só ver de perto a diversidade cultural do município como também conhecer alguns locais que outrora marcaram o auge da capital, como Teatro Municipal, o Pátio do Colégio ou a Catedral da Sé.

Nos dois últimos anos, dois grandes movimentos têm ajudado na recuperação da região que passou por um momento de decadência nos anos 80 e 90. O primeiro deles é o Projeto Nova Luz, que luta no combate as drogas; o outro é o Viva o Centro, formado por empresas privadas da região, que garante a segurança, iluminação e limpeza das ruas e praças e outros.

Catedral da Sé

A catedral da Sé é um dos cinco maiores templos neogóticos do mundo. Seus 111 metros de comprimento, com 46 de largura, fazem dela a maior igreja da cidade. Em sua cripta estão trabalhos do escultor Francisco Leopoldo e o mausoléu em bronze do cacique Tibiriçá, chefe dos índios Guaianazes, e o primeiro indio a ser catequizado pelo Padre Anchieta.

Praça da Sé – São Paulo

 

Pátio do Colégio

Localizado bem no centro da metrópole, o Pátio do Colégio sobrevive em meio aos prédios, bancos e indústrias que abrigam a capital. O local, além de ser o ponto de fundação de São Paulo, abriga o que restou da primeira construção da cidade. Ainda é possível tomar um café no charmoso restaurante Pateo do Colégio.

Praça Pátio do Colégio, 2 – São Paulo

 

Teatro Municipal

O Teatro Municipal coordena escolas de música e dança e busca desenvolver cada vez mais o trabalho de seus corpos estáveis como a Orquestra Sinfônica Municipal, Orquestra Experimental de Repertório, Balé da Cidade de São Paulo, Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo, Coral Lírico e o Coral Paulistano. Apresentações abertas ao público.

Praca Ramos de Azevedo – São Paulo

 

Mercadão

O Mercado Municipal de São Paulo, ou Mercadão, foi construído por iniciativa do então prefeito José Pires do Rio em 1933. O importante edifício no estilo neoclássico de mais de 22 mil m², requintado acabamento e coleção de belos vitrais, demorou quatro anos para ser concluído. Hoje 1500 funcionários trabalham nos mais de 290 boxes do local.

Rua da Cantareira, 306 – São Paulo

 

Museu da Língua Portuguesa

O Museu da Língua Portuguesa contou com uma equipe de criação e pesquisa composta por mais de trinta profissionais qualificados, dentre eles sociólogos, museólogos, especialistas em língua portuguesa e artistas. O local apresenta suas exposições usando tecnologia de ponta e recursos interativos homenageando autores como Fernando Pessoa,  Clarice Lispector, entre outros.

Praça da Luz, São Paulo

 

Pinacoteca

Criado em 1905, a Pinacoteca do Estado de São Paulo é o museu de arte mais antigo da cidade e um dos mais importantes do país. O prédio foi inicialmente construído para abrigar o Liceu de Artes e Ofícios de São Paulo.

Praça da Luz, 2 – São Paulo
 

 

CCBB

Centro cultural patrocinado pelo Banco do Brasil, que inclui, entre outras coisas, espaço para shows, filmes e exposições. O mesmo prédio já abrigou anteriormente uma agência do banco, que funcionava no local desde 1923 e foi recentemente restaurado de acordo com a arquitetura original.

RUA Álvares Penteado, 112 – São Paulo

 

Caixa Cultural

A Caixa Cultural, localizado no Edifício Sé, já foi sede da Caixa Econômica no país e hoje é um dos mais belos exemplos de Art Déco, instalado no Centro Histórico da cidade. O espaço recebe os mais diversos eventos, como espetáculos de música, teatro, dança, exposições de artes plásticas, fotografia e instalações.

Praça da Sé, 111 – São Paulo

 

Museu de Arte Sacra

A coleção inicial do acervo foi organizada e sistematizada por Dom Duarte Leopoldo e Silva, primeiro arcebispo de São Paulo. Firmado o convênio entre a Mitra Arquidiocesana de São Paulo e o Governo do Estado de São Paulo na década de 70, iniciou-se uma política de aquisições, ampliando o acervo com obras de Aleijadinho, Benedito Calixto, entre outros.

Avenida Tiradentes, 676 – São Paulo

 

Sala São Paulo

O edifício da Estrada de Ferro Sorocabana abriga hoje a Sala São Paulo, sede da OSESP (Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo) e uma das mais importantes casas de concertos e eventos do País.

Praça Júlio Prestes, 16 – São Paulo

 

Fonte : GuiaSP

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s